terça-feira, 19 de junho de 2018

A passagem opaca, sem brilho, do ex-prefeito Carlos Eduardo Alves por Mossoró



Chamou mais a atenção dos observadores da cena política local, justamente a falta de repercussão do que propriamente a presença em si do ex-prefeito de Natal e pré-candidato ao governo do estado, Carlos Eduardo Alves(PDT), na cidade de Mossoró, semana passada.

Não obstante, o fato de não ter o seu nome citado dentre os políticos e autoridades em releases enviados pela prefeitura de Mossoró como prestigiadores do evento Mossoró Cidade Junina, durante a programação do final de semana que passou, não chega a ser - a nosso ver - o gravame da situação. A sua não menção justificaria-se pelo fato de, no momento, o ex-prefeito de Natal não ser detentor de cargo público (crivo nosso).


No entanto, salta aos olhos que, mesmo tento um tete a tete nos bastidores com a prefeita de Mossoró Rosalba Ciarlini, esta não se deixou fotografar por muitas vezes ao lado do ex-prefeito de Natal, bem ao estilo "não me comprometa."

Aí sim, notoriamente, Rosalba continua deixando o diálogo abertos com os demais contendores a governo do estado, leia-se, Robinson Faria (PSD) e Fátima Bezerra (PT). Quem conhece um pouco da política local e principalmente a praticada pelo rosalbismo, sabe muito bem que a última palavra do grupo é dada pelo ex-deputado e comandante em chefe Carlos Augusto Rosado, ou seja, Rosalba segue a risca as instruções do mentor, marketeiro e marido Carlos (MMM) e segue silente, estática, aguardando o mover das pedras do tabuleiro.

O desdém enfrentado pelo ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves, que contribuiu para que sua passagem por Mossoró fosse opaca e sem brilho, pode ser meramente fruto de uma estratégia politica do casal. Anotem.


Nenhum comentário:

Postar um comentário