terça-feira, 26 de junho de 2018

Audiência pública discute situação dos animais de rua de Mossoró



A Câmara Municipal de Mossoró realizou audiência pública para discutir a situação da causa animal na cidade de Mossoró. A audiência, de iniciativa do vereador Genilson Alves (PMN), foi realizada na tarde de segunda-feira (25). “Este momento foi pensado para que possamos construir alternativas para diminuir o sofrimento desses animais de rua e melhorar as condições de saúde pública”, disse Genilson.

Representantes de grupos de protetores de animais, veterinários, OAB/Mossoró, representantes da sociedade civil organizada,  polícia ambiental e outros órgãos públicos participaram da audiência.


Wirton Peixoto Costa, presidente do Conselho Regional de Medicina (CRMV/RN) iniciou o debate ressaltando que lutar pela causa animal é lutar pela saúde pública. “75% das enfermidades que acometem os seres humanos vêm dos animais, são as chamadas zoonoses, então no momento que a gente não toma cuidado estamos prejudicando a população. Investir em saúde animal não é só proteger o animal, é proteger a saúde humana”, explicou.

Irmã Ellen, presidente da Associação de Protetores de Animais de Mossoró (ONG/APAM), relatou a situação do abrigo de animais que comanda e parabenizou a iniciativa da audiência pública. “Todos os dias recebemos animais que são sustentados somente por doação. Precisamos de mais espaço, de qualquer doação de alimentação vencida, pois arroz e milho vencido serve pra alimentar esses animais. Apoio totalmente um programa para castrar os animais e impedir a procriação”.

Vereadores

 Durante a audiência, o vereador Genilson Alves citou algumas ações que está realizando na Câmara Municipal de Mossoró para ajudar a causa animal. “Apresentamos projeto de lei que pune quem maltrata animais em Mossoró, estamos encaminhando a criação da Frente Parlamentar de Defesa Animal para trabalharmos junto aos protetores e às entidades que lutam pelos animais, apresentamos também emendas impositivas”, disse Genilson que também destacou projeto para aquisição de castramóvel e hospital público veterinário.

  Os vereadores Francisco Carlos, Petras, João Gentil, Izabel Montenegro, Isolda Dantas, Alex Moacir, Rondinelli Carlos e Alex do Frango participaram da audiência e deram contribuições para solucionar os problemas que a causa animal enfrenta em Mossoró.

A vereadora Isolda Dantas sugeriu que seja criada uma comissão para buscar, junto ao Poder Executivo, soluções emergenciais aos problemas apresentados. Para Alex Moacir, o caminho é a realização de convênios, “Convênios entre Ufersa, Prefeitura, Secretaria de Saúde.  Sugiro também que a gente possa, ao termino da audiência pública, listar os pontos que são prioritários”.

 O vereador Petras destacou que a luta pela causa animal é de interesse de todos os vereadores da Casa e ressaltou a ideia da vereadora Isolda para a criação de uma comissão. “Sugiro a criação de uma comissão ou um conselho municipal da causa animal para termos  o Ministério Público, OAB, os grupos que trabalham a favor da causa e a Câmara Municipal juntos nessa luta”.

A presidente da Câmara, vereadora Izabel Montenegro finalizou a participação dos vereadores colocando a Câmara Municipal de Mossoró a disposição da causa. “É uma luta importante e no que for possível vamos sim ajudar e lutar por essa causa”, completou.


Nenhum comentário:

Postar um comentário