sexta-feira, 22 de junho de 2018

Brasil faz dois nos acréscimos e comemora vitória sofrida sobre a Costa Rica


O grito de gol veio à boca inúmeras vezes, mas parou no travessão, parou em Keylor Navas, parou numa rara má pontaria de Neymar, parou até no VAR, que anulou pênalti em cima do camisa 10. O holandês Bjorn Kuipers deu pênalti de González em Neymar. Mas o VAR, que não foi utilizado na estreia e provocou uma carta de reclamação da CBF para a Fifa, entrou em ação. O compatriota Danny Makkelie avisou e Kuipers voltou atrás.

O Gol  só veio mesmo nos acréscimos, quando o empate era uma realidade dura. Philippe Coutinho apareceu para concluir na grande área e fazer o Brasil respirar na Copa do Mundo. Respirar, tocar, tocar, tocar, dar olé e esperar o segundo, de Neymar, para o jogo poder acabar.

Ao apito final se seguiram muitas lágrimas do atacante, ainda longe das condições ideais, mas sem um enorme peso nos ombros.

Agora com quatro pontos, o Brasil vai decidir seu futuro contra a Sérvia, na próxima quarta-feira (27).
Poderá passar em primeiro, em segundo ou nem avançar. Depende de outros resultados. Mas o futuro clareou após os gols no fim.

Com informações do Globo Esporte


Nenhum comentário:

Postar um comentário