sexta-feira, 1 de junho de 2018

Licitação do Cidade Junina é alvo de ação

Sede da D K Monteiro Coelho Produções e Eventos Eireli, em Tururu (CE) 

A Prefeitura Municipal de Mossoró publicou resultado do pregão nº 08/2018 do dia 11 último, relacionado à contratação de empresas que vão trabalhar montagem de estrutura do Mossoró Cidade Junina (MCJ) 2018. São quatro as vencedoras.

Os contratos estão publicados no Jornal Oficial do Município (JOM), edição 661-A, datado de 29 de Maio de 2018, mas que entrou no ar na Internet na quinta-feira (31).

As empresas J.R da Cunha – ME (R$ 330.799,44), Antônio Gustavo Sampaio Barbosa – ME (R$ 128.100,00), além de DK Monteiro Coelho Produções e Eventos Eireli – ME (R$ 46.800,00) foram as ganhadoras da disputa.

A D K Monteiro Coelho Producões e Eventos Eireli, tem sede em uma casa simples no Centro da pequena Tururu (CE) e o nome fantasia da empresa é Danny Eventos.

Elas devem oferecer montagem, manutenção e desmontagem de estruturas, sonorização e iluminação e decoração ao MCJ 2018.

A Saniq Locação de Banheiros Químicos e Toldos Ltda. abocanhou contrato para instalação de banheiros químicos. O contrato é de R$ 391.600,00.

O pregão foi suspenso, em meio a várias denúncias. Desde então, nenhuma informação era prestada à imprensa e a concorrentes sobre o andamento do caso no campo burocrático.

Segundo o jornalista Bruno Barreto os desdobramentos no campo jurídico já começaram e o pregão já está sendo questionado por uma empresa derrotada na licitação.

O mandado de segurança é de número 0809723-59.2018.8.20.5106 e está na 2ª Vara Cível da Comarca de Mossoró.

O pedido de liminar questiona o resultado do processo licitatório e lista de vencedoras. Isso pode comprometer realização do evento.

A licitação do Mossoró Cidade Junina foi alvo de vários de questionamentos que resultaram na ação.

Com informações do Blog do Carlos Santos e Blog do Barreto






Nenhum comentário:

Postar um comentário