GOVERNO RN

terça-feira, 5 de junho de 2018

Ônibus em Mossoró estão em alerta contra incêndios criminosos

Empresa confirma tentativa de ataque contra transporte coletivo, ontem
 
Concessionária do transporte coletivo alerta para risco de ataques criminosos

Foto: Assessoria de imprensa

A Polícia Militar evitou incêndio criminoso contra ônibus do transporte coletivo em Mossoró, ontem à tarde (4), no conjunto Nova Vida. Bandidos ordenaram a saída de passageiros e motorista do veículo, mas, surpreendidos por viatura policial, fugiram e abandonaram no local dois galões de dez litros de gasolina, segundo a direção da concessionária do serviço, Cidade do Sol.
O fato deixou em alerta o transporte coletivo em Mossoró, que precisou ser escoltado pela PM, à noite, no conjunto Nova Vida. A situação ocorre num contexto no qual foram incendiados dois ônibus em Natal, no final de semana, e um carro de passeio e um caminhão frigorífico, na madrugada de hoje (5), em Mossoró. A Polícia Militar confirma que os atos foram criminosos.

O diretor da Cidade do Sol, Waldemar Araújo, confirma a tentativa de incêndio do ônibus, ontem, e pede apoio das autoridades competentes, a fim de manter a frota circulando para atender à população. “Isso torna essencial a atuação de todas as forças de segurança, municipal, estadual e federal.  A situação é gravíssima”, adverte.
Repercussão
O problema foi abordado na sessão da Câmara Municipal de Mossoró, nesta terça-feira (5). A presidente da Casa, Izabel Montenegro (MDB), alertou na tribuna: “Acabamos de tomar conhecimento que existe uma ameaça de queima de ônibus em Mossoró. Algo precisa ser feito para enfrentar mais esse problema que aflige o transporte coletivo da cidade”.
A direção da Cidade do Sol também já cientificou do problema o secretário municipal de Segurança Pública, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Trânsito, coronel Sócrates Vieira, e a Polícia Militar. “Estamos trabalhando em estado de alerta máximo, empreendendo todos os esforços para que não haja prejuízos aos usuários”, assinala o diretor de operações da Cidade do Sol, Mauro Biccas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário