GOVERNO RN

terça-feira, 12 de junho de 2018

Styvenson autoriza inclusão de seu nome nas pesquisas eleitorais mas não adianta a qual cargo poderia concorrer


O capitão da Polícia Militar Styvenson Valetim deixou em aberto a possibilidade de participar das próximas eleições, que acontecem no próximo mês de outubro. Em vídeo publicado em sua página oficial no Facebook, o militar afirma que vai analisar propostas de partidos e o seu desempenho em pesquisas de opinião para definir se será candidato.

Está é a primeira vez que Styvenson admite a possibilidade de disputar uma cadeira política. O nome dele chegou a ser sondado por partidos para as eleições municipais de 2016, mas o policial admitiu que não se sentia a vontade para participar das eleições naquele momento.


“Gente, nunca foi aspiração minha, como mostrei em 2016. Mas como essa pergunta [sobre uma possível candidatura] vem sendo recorrente, eu permito, a quem tiver interesse – partido, pessoa ou empresa – que coloque meu nome em pesquisas para saber se essa vontade é uma vontade real ou só dos meus amigos, das pessoas que conheço. Tragam esse resultado, depois de feito, para eu saber, eu avaliar, se eu entro ou não nessa empreitada”, afirmou Styvenson em vídeo.

Embora não seja filiado a nenhum partido, Styvenson pode se valer da prerrogativa de ser militar para ingressar em uma sigla até as convenções. Isso significa que, embora ainda não haja nenhuma decisão oficial, o policial pode ser uma das surpresas das próximas eleições.

Styvenson ganhou notoriedade ao comandar as blitzes da Operação Lei Seca, ligada ao Departamento Estadual de Trânsito (Detran/RN). Atualmente, ele está vinculado ao comando do 9° Batalhão da Polícia Militar, responsável pelo patrulhamento da zona Oeste de Natal.

Portal No Ar



Nenhum comentário:

Postar um comentário