Sicredi



Na manhã de segunda feira, 23 de julho de 2018, dentro de uma Barbearia, localizada na Rua João leite próximo a escola Manoel Assis no Bairro Boa Vista, Cristian dos Santos Cortes, 26 anos, foi executado a tiros quando cortava o cabelo na Barbearia. Segundo informações informações ele havia saído da prisão recentemente. Segundo a PM dois clientes estavam no prédio, a espera, de sua vez, quando dois homens chegaram, um entrou no salão, enquanto que o outro ficou dando cobertura no lado de fora.

O criminoso mandou que os clientes e o cabeleireiro se afastassem e quando saíram do local, o homem armado atirou três vezes na cabeça da vítima  que morreu no local. Após o crime os dois homens fugiram.


Ainda na segunda-feira, por volta das 18h, na Vila Maisa, zona rural do município, o vigia Josivan Guedes de Oliveira foi morto a tiros. De acordo com informações repassadas pelo Sgt Geraldo Alves, comandante da Base da PM na Maisa, o vigia trafegava em sua moto Honda Bross e foi seguido por uma dupla de motocicleta armada com Pistolas ponto 40 e 380 que se aproximou e atirou contra ele.

Josivan, tentando escapar da morte, soltou a moto e correu para dentro de um prédio que estava com a porta aberta, mas foi perseguido pelos criminosos é executado dentro do muro do imóvel. De acordo com o perito Jader Viana, a vítima foi atingida com cerca de 17 tiros.

Na manhã desta terça-feira (24), no cruzamento das Ruas Afonso pena com Dom Pedro II, Bairro Paredões em Mossoró, o ex-presidiário Airton Gomes de Oliveira, conhecido como Andorinha, foi alvejado e morto com vário tiros.

A Polícia Militar isola o local do crime aguardando a chegada da equipe dpo ITEP e da delegacia de Homicídios.

Com informações do blog Fim da Linha


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem