quinta-feira, 12 de julho de 2018

Croácia vence a Inglaterra na prorrogação e chega à decisão inédita


Surpresa e tradição marcaram o segundo confronto das semifinais da Copa do Mundo 2018. Croácia e Inglaterra disputaram, às 15h de quarta-feira (11), no Estádio Luzhniki, em Moscou, a última vaga para a final do Mundial. Será uma semifinal entre dois países que há muito não chegam a esta fase: a Croácia, em 1998, e a Inglaterra duas copas antes, em 1990. A seleção vencedora disputará a taça com a França.

Apesar de ter se classificado em primeiro lugar no grupo da Argentina, a Croácia só superou a Dinamarca nas oitavas de final e a Rússia, nas quartas de final, nos pênaltis.


A Inglaterra superou a Tunísia e o Panamá com tranquilidade na fase de grupos, perdeu para a Bélgica por 1 a 0 na mesma fase e enfrentou um jogo tenso contra a Colômbia pelas oitavas de final: foi a primeira vitória da Inglaterra nos pênaltis na história da Copa do Mundo. Já contra a Suécia, o time inglês teve sua melhor atuação no Mundial. Além disso, tem o artilheiro da Copa até agora, Harry Kane, com seis gols.

Seleção Croata ainda comemora

Os jogadores da seleção da Croácia amanheceram felizes nesta quinta-feira (12) em Moscou após terem conseguido a histórica classificação para a final da Copa do Mundo, ao vencer a Inglaterra por 2 a 1, na prorrogação.

Mensagens de clubes, torcedores e jogadores croatas exaltam o sentimento de felicidade de todos desde a noite de quarta-feira (11).

"Bom dia, você não está sonhando", escreveu a Federação Croata de Futebol em sua conta no Twitter. "A Croácia está na final da Copa do Mundo!!", acrescentou em seguida.

Mario Mandzukic, que entra para a história como autor de um dos gols mais importantes na história do futebol croata, escreveu: "Uma tarde e uma série de sentimentos que nunca esqueceremos", mensagem acompanhada de uma foto de toda a equipe, técnicos e jogadores, diante dos torcedores do seu país.

"É incrível o que a seleção da Croácia pode fazer. Atuar, brigar e nunca se render", expressou o capitão, o meio-campo do Real Madrid Luka Modric.

Mateo Kovacic, que não jogou na partida contra a Inglaterra, ressaltou: "Todos por um e um por todos até a final! Todos por um e um por todos, até chegar a final!".

O jogador do Barcelona Ivan Rakitic escreveu: "Estamos no final da Copa! Incrível poder viver isto!".

Com informações da Gazeta Esportiva e Agência Brasil


Nenhum comentário:

Postar um comentário