terça-feira, 17 de julho de 2018

Jornal Folha de S. Paulo destaca pré-candidato a governador do RN

Deputados Luiza Erundina e Ivan Valentim com o professor Carlos Alberto

O professor Carlos Alberto foi destaque no jornal Folha de S. Paulo. Uma reportagem publicada na segunda-feira (16) ressaltou as propostas do pré-candidato do PSOL ao Governo do Rio Grande do Norte, as críticas dele às oligarquias e como a esquerda tem que governar.

Um eventual governo do PSOL seria mais à esquerda em relação às eras do PT, diz o professor.

Os erros dos petistas foram políticos. “Como é que você imagina que alianças com o Sarney e o Renan Calheiros iam dar certo?”, criticou.

Conforme dito pelo pré-candidato ao jornal, atualmente 84 indústrias têm renúncia fiscal de aproximadamente R$ 300 milhões ao ano. O valor poderia apoiar as 10 mil indústrias do estado “que nunca receberam qualquer incentivo”.


A análise da situação do estado feita pelo professor, que há 22 anos leciona da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), também foi destacada na publicação. Carlos Alberto citou os altos índices de violência e desemprego, o baixo crescimento econômico e a precariedade da educação.

Fato determinante para esse cenário, conforme observado pelo professor, são as oligarquias que há anos ocupam cargos no estado.

Carlos Alberto ressaltou que não terá dificuldade, como governador, para formar a maioria na Assembleia Legislativa.

“Quem será contra erradicar o analfabetismo? Quem não irá votar um orçamento para que a habitação seja uma prioridade? Muitos serão simpáticos a isso apesar de estarem em partidos diferentes”, pontuou.

Blog do César Santos





Nenhum comentário:

Postar um comentário