quarta-feira, 25 de julho de 2018

Rápidas, rapidíssimas...

Nova coligação: A Deputada estadual Cristiane Dantas, mulher do vice-governador Fábio Dantas e pré-candidata à reeleição, já está bem a vontade na nova coligação. O PPL, partido ao qual é filiada, se coligará com o PSL, PSDC, PSC e Patriota.

Aliás: E por falar no vice-governador, é provável que ele não participará da campanha. Fábio Dantas (PSB) vai desistir da disputa para o governo do estado e optará por apoiar Brenno Queiroga, pré-candidato a governador pelo Solidariedade. Especula-se também que ele poderá se desfiliar do PSB.

Mistério: E o Solidariedade, que tido como escolha para receber a pré-candidatura do Capitão Styvenson ao Senado em um dos partidos coligados, decidiu, junto ao G6, como é conhecido o grupo, que só anunciará um segundo nome para o Senado no dia 4 de agosto. Por enquanto somente a pré-candidatura de Magnólia Figueiredo está confirmada. A segunda vaga pode ser de Styvenson ou do advogado Joanilson de Paula Rêgo, do PSDC.

Mistério II: Mas...o Capitão Styvenson continua conversando com outros partidos antes de definir se será candidato e a qual em qual sigla irá se filiar. O militar continua firme na decisão de se pronunciar sobre seu futuro político no último dia do prazo para realização de convenções, ou seja, dia 5 de agosto.

Prego batido:  Na reunião do PR, na terça-feira (24) mais uma vez se levantou a possibilidade de da indicação do empresário Tião Couto ou do pré-candidato a deputado estadual, Jorge do Rosário, para vice do governador Robinson Faria (PSD). Eles estão irredutíveis e mais uma fez afirmaram que não poiarão nenhum candidato a governador, o que elimina a possibilidade de composição de chapa majoritária.

Mal-estar: A vereadora Sandra Rosado (PSDB), pré-candidata a deputada federal, atrapalha a pré-candidatura de Beto Rosado (Progessistas). A declaração foi feita pelo próprio parlamentar em entrevista concedida à jornalista Thaísa Galvão, na terça-feira(24) no Jornal da Noite (95FM). Como os dois estão em coligações diferentes (Beto estar no palanque de Carlos Eduardo- PDT e Sandra no do governador Robinson Faria - PSD) ambos pertencem ao mesmo grupo da prefeita Rosalba Ciarlini (PP). Isso divide votos, segundo afirmou Beto Rosado.

Mal estar II: Na mesma entrevista Beto Rosado disse que a prioridade do seu partido é manter a cadeira de deputado federal e disse, cobrou da prefeita Rosalba Ciarlini maisempenho pela sua reeleição do que pela eleição de Carlos Eduardo, que tem o filho da Prefeita, Kadu Ciarlini, como vice. Por fim o parlamentar confirmou que concentrou todos os esforços para o partido se coligar com o PSD do governador Robinson Faria.





Nenhum comentário:

Postar um comentário