sexta-feira, 27 de julho de 2018

Ufersa retira homenagens de listados pela Comissão Nacional da Verdade



O Conselho Universitário da Universidade Federal Rural do Semi-Árido decidiu, por unanimidade, extinguir toda e qualquer homenagem que citar os 377 nomes identificados no Relatório Final da Comissão Nacional da Verdade, listados por graves violações aos direitos humanos.

A decisão se aplica à revogação e cassação de títulos honoríficos, nomeação de prédios, salas ou espaços, nomes de ruas, praças ou logradouros dos campi da Instituição.

O assunto foi pauta da 7ª Reunião Ordinária, nesta terça-feira, dia 24 de julho, a partir da iniciativa do Grupo de Pesquisa em História Constitucional e Direitos Sociais do Curso de Direito, ao solicitar a alteração do nome do Ginásio de Esportes Presidente Costa e Silva, situado no Lado Leste do Campus Sede, em Mossoró, para, apenas, “Ginásio de Esportes da Ufersa”.

A decisão do Consuni da Ufersa não é uma medida isolada. Além dos encaminhamentos já estabelecidos pela Comissão Nacional da Verdade, no começo de julho, a Corte Interamericana de Direitos Humanos, vinculada à Organização dos Estados Americanos – OEA, condenou o Estado brasileiro pela falta de investigação, julgamento e punição aos responsáveis por tortura no período militar.



Nenhum comentário:

Postar um comentário