sexta-feira, 10 de agosto de 2018

35 mil kits de Tv digital serão distribuídos em Mossoró


O sinal analógico de televisão será desligado no dia 5 de dezembro em Mossoró, mas até lá, a agência reguladora Seja Digital vai entregar kits, compostos por conversores e antenas, para as famílias atendidas por programas sociais do governo federal. O ponto de partida para esta mobilização aconteceu na tarde de quinta-feira, 09, no auditório do Centro Administrativo, com o primeiro encontro da equipe do Seja Digital com as equipes da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Social e Juventude.

Em Mossoró, mais de 35 mil kits de TV digital serão entregues em Mossoró. “Atualmente estamos em fase de sensibilização, estabelecendo parcerias e uma delas é a Prefeitura Municipal. O agendamento está previsto para o final de agosto e a distribuição está prevista para setembro”, explicou o gerente regional da Seja Digital, Marcello Santo.


Para que elas recebam seus kits o processo será iniciado com o agendamento, que será feito de três formas: pelo telefone nacional, totalmente gratuito – 147 – por onde o beneficiário pode ligar e agendar com o seu Número de Identificação Social (NIS), para retirar o seu kit nos Correios; no www.sejadigital.com.br/kit, com o mesmo procedimento, ou seja, informando o NIS; e através dessa parceria com a Prefeitura, fazendo o agendamento nos Centros de Referencia em Assistência Social (CRASs).

As equipes dos CRASs serão preparadas para receber a população, passar esclarecimentos e também fazer o agendamento. “Para fazer o agendamento, basta apenas o NIS, se não tiver, pode ser com o CPF”, esclareceu Marcello Santo.

A retirada do KIT será apenas nas agências dos Correios, onde outras esquipes estarão designadas para orientar as pessoas quanto à instalação. “A instalação é muito simples, mas qualquer dúvida também pode ser esclarecida pelo 147”, continuou o gerente regional da Seja Digital.

A gerente da Proteção Social Básica (PSB), da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Social e Juventude, Paula Gurgel, destacou que esse primeiro momento contou com servidores da PSB e da Proteção Social Especial (PSE) e Cadastro Único, para o repasse de informações sobre esse processo de transição do sinal analógico para o digital. “Como o CRAS é a porta de entrada para os programas sociais e a Seja Digital utiliza o banco de dados do Cadastro Único, nossa missão é de identificar esse público, passar informações e realizar o agendamento”, disse.

Nos próximos as equipes da Seja Digital estarão visitando as estruturas dos CRAS para marcação do início do agendamento.



Nenhum comentário:

Postar um comentário