segunda-feira, 20 de agosto de 2018

Aldo Schneider, presidente da Assembleia Legislativa de SC, morre em Balneário Camboriú aos 57 anos


O deputado estadual Aldo Schneider (MDB), presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), 57 anos, morreu na tarde de domingo (19), em Balneário Camboriú.

Desde 2017, o político lutava contra um câncer na coluna e passou por uma série de tratamentos de saúde em Santa Catarina e São Paulo. Ele estava internado no Litoral Norte catarinense há 18 dias.

Em maio, o deputado precisou passar pela Unidade de Terapia Intensiva (UTI), em Florianópolis, após fazer um procedimento cirúrgico de traqueostomia.

O corpo será cremado nesta segunda-feira (20), em Balneário Camboriú, em ato privado para a família. As polícias Rodoviária Federal e Militar devem fazer a escolta durante os deslocamentos.
Schneider deixa a esposa e dois filhos. Ele tomou posse como presidente da Alesc em fevereiro deste ano. Por conta da morte, a assembleia decretou luto oficial por três dias e não abrirá para atendimento ao público nesta segunda-feira. O Governo do Estado também decretou luto oficial por sete dias.

G1





Nenhum comentário:

Postar um comentário