quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Em sermão, padre critica bancada do RN que apoiou reforma trabalhista


O sermão da missa de domingo (21) em Parelhas, município distante 240 quilômetros de Natal (RN), esquentou a temperatura das eleições no Rio Grande do Norte. O padre Josenilton Hipólito de Araújo tomou as dores dos trabalhadores da cidade e criticou os deputados e senadores do Estado que votaram a favor da reforma trabalhista cujo relator foi o potiguar Rogério Marinho (PSDB), alvo de seis inquéritos no Supremo Tribunal Federal e acusado, entre outros crimes, de corrupção ativa, passiva e lavagem de dinheiro.

Padre Hipólito nomeou todos os deputados que votaram contra os trabalhadores e chamou os deputados Felipe Maia (DEM), Fábio Faria (PSD), Beto Rosado (PP), Rogério Marinho (PSDB) e os senadores Garibaldi Alves Filho (MDB) e José Agripino Maia (DEM) de “péssimos cristãos”.


– Será que nossos vereadores terão a coragem e a atitude de um péssimo cristão ? Porque se um deputado como Felipe Maia votou a favor da reforma trabalhista, Fábio Faria, Beto Rosado, se chegarem aqui pedindo voto… são péssimos cristãos que esmagaram o povo de Deus. Acabaram com toda nossa história, são atitudes desonestas. Se um vereador trouxer um desses candidatos à nossa porta, digam que o padre Hipólito disse: “vocês são péssimos cristãos”. Digam que o senador Garibaldi Alves e José Agripino também são péssimos cristãos.

Dos deputados citados, a maioria vai concorrer à reeleição em outubro. Rogério Marinho, Beto Rosado, Fábio Faria e José Agripino Maia tentarão uma vaga na Câmara Federal e Garibaldi Alves está em campanha para renovar o mandato no Senado.

O padre de Parelhas lembrou que os parlamentares se aliaram ao presidente Michel Temer, a quem classifica como “pagão e batizado”. E ressaltou que “um péssimo cristão” provoca estragos na vida das pessoas.

– Um péssimo cristão comete estragos horríveis na vida da comunidade. Se um péssimo cristão se tornou sacerdote, é um péssimo padre na vida do povo. Da mesma forma que se um péssimo cristão está na vida da comunidade é um estrago tremendo. E temos um cenário de péssimos cristãos. Quando ligamos a TV Senado percebemos os péssimos cristãos que estão governando o país. Quatro deputados do nosso Estado envergonharam a história da humanidade, a história do país. Bons cristão que lutaram pela dignidade do trabalho, pela dignidade do trabalhador foram esmagados por esses deputados que se uniram a um presidente pagão e batizado, que é maior ainda.

O público aplaudiu o sermão do padre.

Por Rafael Duarte, da Agência Saiba Mais


Nenhum comentário:

Postar um comentário