sábado, 11 de agosto de 2018

Vice diz que terceira gestão de Carlos Eduardo foi um “desastre”


Vice do ex-prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT), o publicitário Kadu Ciarlini (PP) ou errou no cálculo, ou quis descontar a crítica que seu companheiro de chapa fez à sua mãe, prefeita de Mossoró Rosalba Ciarlini (PP), quando declarou que ninguém aguentava mais 4 anos de Robinson e Rosalba, na gestão da Rosa governadora.

E num discurso acalorado que fez em Brejinho, ao ressaltar que o candidato a governador foi prefeito de Natal 4 vezes, Kadu disse que Carlos Eduardo, ao assumir a Prefeitura pela quarta vez, “pegou um desastre igual ao Rio Grande do Norte”.


“Da terceira para a quarta vez ele pegou um desastre…”

Detalhe: da terceira para a quarta vez, Carlos Eduardo substituiu a ele próprio, e se Natal estava um “desastre” como disse o vice…quem poderia ter causado o desastre?

Ou foi falha…

Mas ninguém corrigiu e o vídeo está postado há quase 24 horas…

"Esclarecimento"

Kadu enviou nota para a jornalista Thaisa Galvão, que percebeu a falha, onde tentou explicar a declaração.

Eis a nota de Kadu:

Estimada Thaísa,

Sobre o vídeo postado no blog com meu discurso, fiz uma referência nítida à administração da antecessora do terceiro e quarto períodos de Carlos Eduardo à frente da Prefeitura de Natal.

Creio que todos que viram minha fala na reunião partidária compreenderam claramente.

Pra mim e pra muitos ficou evidente que fiz uma menção ao período anterior à “terceira e quarta vez” que Carlos Eduardo foi prefeito de forma ininterrupta, já que teve seu trabalho reconhecido na capital e foi reeleito.

Acredito, inclusive, que a experiência e capacidade de Carlos Eduardo em superar aquele momento muito difícil encontrado na administração municipal natalense, quando assumiu pela terceira vez em 2013, são fatores que o eleitor norte-rio-grandense deve pesar na hora de escolher qual o melhor caminho para o Governo do Rio Grande do Norte.

Kadu Ciarlini

Sobre a retificação do vice de Carlos Eduardo a jornalista comentou: "Ao pé da letra, da terceira para a quarta vez…é da terceira para a quarta. Sem referência a vezes anteriores."

Com informações do Blog Thaisa Galvão



Nenhum comentário:

Postar um comentário