sábado, 22 de setembro de 2018

Jovem é raptado levado amarrado e executado a tiros na Comunidade de Juremal, zona rural de Baraúna


Um jovem identificado como Kergivânio Costa, conhecido como "Pepo", 18 anos de idade, que residia na Rua José Viana no centro de Baraúna RN, foi executado a tiros, na noite de sexta feira 21 de setembro de 2018, na Comunidade de Juremal, zora rural de Baraúna, região Oeste Potiguar.

De acordo com a PM, o jovem foi raptado, amarrado e levado até uma estrada de barro em Juremal, onde foi executado. Pepo, como era mais conhecido, foi encontrado pela guarnição da PM com as mãos amarradas para trás, com o corpo crivado de balas e pela posição do corpo, tudo leva a crer que os assassinos obrigaram o jovem a se ajoelhar antes de morrer.

Até o momento não há confirmações sobre a motivação e autoria do crime, mas segundo informações Kergivânio tinha saído da prisão, por força de alvará de soltura expedido pela justiça, no dia 08 de agosto passado.

Policiais Militares de Baraúna, foram acionados pelos moradores da comunidade que ouviram disparos de arma de fogo e quando chegaram na localidade encontraram o corpo próximo a comunidade e passaram a isolar o local do crime.


As equipes do ITEP e da Delegacia de Plantão de Mossoró, se deslocaram até o Juremal para os procedimentos no local do crime. O corpo foi periciado e depois removido para ser necropsiado no Instituto de Medicina Legal do ITEP e depois será liberado para sepultamento. Este foi a Décimo Sexto (16º) homicídio registrado no município de Baraúna neste ano de 2018. O crime será investigado pela Polícia Civil da cidade, sob a coordenação do delegado Paulo Oliveira.

Fim da Linha




Nenhum comentário:

Postar um comentário