sexta-feira, 28 de setembro de 2018

Tese de crime eleitoral é derrubada pela Justiça Federal e Henrique deverá responder a novo inquérito


Pelo menos 4 pessoas já foram à sede da Polícia Federal, em Natal, durante essa semana, prestar depoimento no processo da operação Manus.

Os depoimentos foram colhidos após delação do ex-assessor do ex-deputado Henrique Alves, Aluízio Dutra.

Depois dos depoimentos, o juiz federal Eduardo Guimarães, que conduz o caso no Rio Grande do Norte, decidiu repassar o processo para a Polícia Federal.

A decisão derruba a tese da defesa de Henrique, de que os crimes aos quais o ex-deputado vem respondendo, são eleitorais.

Com isso o ex-deputado deverá responder por crimes comuns.

Blog Thaisa Galvão


Nenhum comentário:

Postar um comentário