terça-feira, 2 de outubro de 2018

Candidatos a governador vão ao debate da Inter TV


Os cinco candidatos a governador do Rio Grande do Norte que participam, na Inter TV Cabugi, do último debate televisivo da campanha eleitoral do primeiro turno, na noite de hoje,  também têm a penúltima oportunidade para apresentarem suas propostas, na mídia eletrônica, e convencerem os  2,37 milhões de eleitores na escolha de quem eles pretendem votar no pleito de domingo (07), pois amanhã termina o horário eleitoral gratuito no rádio e na TV para os candidatos aos cargos majoritários dos estados.

Os candidatos com representação de no mínimo cinco parlamentares no Congresso Nacional vão participar do debate, conforme as regras acordadas por 2/3 dos candidatos aptos para as eleições majoritárias: Carlos Eduardo (PDT), Robinson Faria (PSD), Fátima Bezerra (PT), Breno Queiroga (SD) e Professor Carlos Alberto (PSOL).


O diretor de Jornalismo da Inter TV, Marcelo Vicioli, informou que o debate deve ter uma duração de 1h50min, mas pode haver uma variação mínima. Ele disse que o debate deve começar  entre 21h55 e 22h05 da noite de hoje, depois da novela “Segundo Sol”, que por conta disso terá um capítulo com tempo menor do que o convencional.

A mediação do debate será do jornalista Ary Peixoto, que já se encontra em Natal desde o começo da tarde de ontem e foi o mesmo que mediou o debate entre os candidatos ao governo do Estado nas eleições de 2014.

Marcelo Vicioli explicou qual será a dinâmica do debate, entre os “governadoráveis” do Rio Grande do Norte, que será dividido em quatro blocos. Segundo ele, dois blocos são de temas livres, enquanto dois serão de perguntas com temas determinados, sendo que no último bloco os candidatos também poderão fazer suas considerações finais. Vicioli informou, ainda, que no dois primeiros blocos os candidatos respondem apenas a uma pergunta, enquanto nos dois últimos dois blocos cada candidato poderá responder até duas perguntas, dai que um candidato “pode ficar sem responde uma pergunta”.

O diretor de Jornalismo da Inter TV disse que a entrada na emissora de TV só será permitida a jornalistas que vão cobrir o debate e aos assessores dos candidatos. Por isso, militantes não devem entrar na TV, até para preservar a integridade dos candidatos e das equipes de jornalistas que estarão trabalhando no debate, que também será transmitido ao vivo pelo portal G1 na internet, a exemplo do que vai ocorrer com os debates entre os candidatos a governador de todos os 27 estados do país.

“A gente recomenda para que as torcidas não venham, porque não se tem nenhum tipo de transmissão externa (telão)”, disse Vicioli, que continuou: “A recomendação é que fiquem no conforto dos seus lares e dos locais que escolherem para assistir o debate, também para preservar a integridade  durante a entrada e saída dos candidatos da TV”.

Vicioli confirmou que a emissora pediu a Guarda Municipal de Natal e à Polícia Militar a presença de efetivo “para reforçar a segurança”, que internamente será feita pela própria segurança privada e ainda para a orientação do trânsito na rua Raimundo Chaves, em Candelária, onde fica a sede da Inter TV.

Em virtude do debate na TV, os candidatos a governador do Estado simplificaram suas atividades no dia de hoje. Pela manhã, por exemplo, os candidatos Fátima Bezerra e Carlos Eduardo gravam o  programa do horário eleitoral e participam de reunião com o   marketing de campanha, respectivamente. O governador Robinson Faria aproveita para descansar, não tem nenhuma programação de campanha até o  horário do debate. Já o  candidato Breno Queiroga não tem nenhuma atividade política prevista pela manhã, mas à tarde participa de três eventos antes de se deslocar para o debate na Inter TV. Antes do debate, à tarde, o candidato Professor Carlos Alberto também se reúne com sua equipe de campanha.

Tribuna do Norte



Nenhum comentário:

Postar um comentário