segunda-feira, 1 de outubro de 2018

Cortejo Cultural celebra a liberdade do povo de Mossoró


A data de 30 de setembro é o Dia da Liberdade para Mossoró, pois lembra a atitude corajosa de libertação dos escravos existentes no município, cinco anos antes da Lei Áurea ser assinada. Por isso, todos os anos nesta data, a cidade revive não só este feito, mas toda uma história que envolve fatos marcantes no passado e no presente. Essas histórias são vividas no Cortejo Cultural da Liberdade, que envolve pessoas de diversos segmentos na Avenida Rio Branco, num desfile militar, cívico e cultural.

O tradicional desfile trouxe para a avenida o Tiro de Guerra, Serviço Móvel de Urgência (SAMU), escoteiros, policiais, bombeiros, além de servidores públicos municipais, escolas públicas e particulares da cidade, entre outros. “Mossoró é uma cidade que respira cultura e a reunião de tantas famílias aqui no Corredor Cultural, para assistir ao desfile mostra que o povo de Mossoró reconhece os feitos do passado e do presente”, destacou a prefeita Rosalba Ciarlini.


O ponto alto do Cortejo foi a demonstração dos quatro atos que compõem o Auto da Liberdade, com alas que representavam o Motim das Mulheres, a Resistência ao Bando de Lampião, o Primeiro Voto Feminino e a Abolição da Escravatura. Os atos foram representados na avenida em 24 alas, com participação de alunos de escolas municipais e jovens atendidos pelos equipamentos sociais do município, com cerca de 700 participantes.

O corredor cultural da Avenida Rio Branco ficou repleto de pessoas de todas as idades, credos, gêneros e classes sociais, que vieram assistir ao desfile que celebra a força da liberdade do povo mossoroense. Paulistana de Guarulhos, a gestante Flávia Porto foi uma delas. Morando há seis anos em Mossoró ela conta que se emocionou com o cortejo. “Eu tenho um grande orgulho de morar nessa cidade, por essa atitude libertadora. E o cortejo de 30 de setembro trás para gente essa mensagem de respeito às diferenças. Eu me sinto privilegiada de morar aqui”, frisou.

Assistindo ao cortejo pela primeira vez, a estudante Maria Eduarda Fernandes Soares, de 9 anos conta o que mais gostou.  “Estou achando tudo muito legal. É muito divertido ver as pessoas felizes e dançando. Ano que vem pretendo vir novamente”, antecipou a menina.

Além dos alunos e entidades, os servidores municipais foram representados pela equipe da Secretaria Municipal de Saúde que veio vestida de branco. “Viemos mostrar a população os serviços que oferecemos e trazer uma mensagem de paz”, comentou Etevaldo de Lima, coordenador municipal de imunizações.




Nenhum comentário:

Postar um comentário