Sicredi


Eleita governadora do Rio Grande do Norte no domingo (28), Fátima Bezerra (PT) teve maioria de votos sobre seu adversário, Carlos Eduardo (PDT), em 154 dos 167 municípios potiguares - ou 92% das cidades potiguares. Por outro lado, o candidato derrotado teve os melhores resultados em Natal e Parnamirim, na região metropolitana da capital, onde obteve mais de 60% dos votos válidos. Veja o mapa eleitoral AQUI.

Em uma cidade do Alto Oeste potiguar, região onde conseguiu boas votações, Fátima alcançou quase 90% dos votos válidos. É o caso de Doutor Severiano, na divisa do estado com o Ceará. Lá, a petista obteve um total de 3.673 (89,63%), contra 425 (10,37%) de Carlos Eduardo. Maioria de 3.248 votos.

Carlos Eduardo conseguiu maioria em cinco municípios da região, sendo que em São Francisco do Oeste a vitória foi por apenas um voto. Ele obteve 1.542 (50,02) votos válidos, contra 1.541 (49,98%) de Fátima.

Com 100% das urnas eletrônicas totalmente apuradas às 20h46, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a candidata Fátima Bezerra (PT) foi eleita governadora do Rio Grande do Norte em segundo turno. Ela recebeu 1.022.910 votos, ou 57,60% dos válidos e Carlos Eduardo (PDT), 753.035 votos (42,40%).

Ao todo, votaram 1.942.196 eleitores dos 2,3 milhões que estavam aptos a votar no estado, o que corresponde a 81,86% do eleitorado potiguar. Votos brancos (1,75%) e nulos (6,81%) somaram 166.251 votos. Houve ainda 430.383 abstenções (18,14%). Somados brancos, nulos e abstenções, chega-se a 596.634 eleitores aptos que não escolheram nenhum dos candidatos.

"O RN pode ter a certeza de que serei a governadora de todos e todas, dos que votaram em mim, e dos que não votaram também. Teremos um governo de diálogo, um governo de união, para construir um RN que tenha paz, segurança, dignidade e empregos pro nosso povo", declarou em coletiva logo após a confirmação do resultado.

G1/RN



Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem