segunda-feira, 8 de outubro de 2018

Rio Grande do Norte elege 4 novatos e um ex-deputado para a Câmara


O Rio Grande do Norte terá cinco deputados federais novatos a partir de 2019 e apenas três remanescentes da atual legislatura. Candidato mais votado do pleito, o ex-prefeito de Lajes e ex-presidente da Federação dos Municípios (Femurn) Benes Leocádio (PTC) encabeça a lista dos detentores de primeiro mandato.

Da coligação de Benes – a “Trabalho e Superação”, formada por PRB, PTB, PR, PPS, PMB, PTC, PSB, PSDB, PSD, Avante e Pros –, também foi eleito o ex-deputado João Maia (PR) e foram reeleitos Rafael Motta (PSB) e Fábio Faria (PSD). A vereadora de Natal Carla Dickson (Pros) é a primeira suplente do grupo. Atual deputado, Rogério Marinho (PSDB) ficou na sexta posição dentro da coligação.

A coligação “Do Lado Certo”, formada por PT, PCdoB e PHS, conseguiu eleger dois parlamentares: a vereadora natalense Natália Bonavides e o atual deputado estadual Fernando Mineiro, ambos do PT. Caramuru Paiva, também do PT, é o primeiro suplente.

Composta por PDT, PP, MDB, Podemos e Democratas, a coligação “100% RN” reelegeu Walter Alves (MDB). O segundo mais votado da coligação foi o atual deputado Beto Rosado (Progressistas), que não conseguiu renovar o mandato. O senador José Agripino Maia (Democratas), terminou em terceiro como candidato a deputado federal nesta coligação.

Quarta coligação mais votada, a coligação “Renova RN” – formada por PSL, Solidariedade, Democracia Cristã, PV e PSC – elegeu o general reformado do Exército Eliéser Girão (PSL). O ex-prefeito de Almino Afonso Lawrence Amorim (Solidariedade) é o primeiro suplente.

Agora RN




Nenhum comentário:

Postar um comentário