quinta-feira, 22 de novembro de 2018

Polícia Civil do RN define lista tríplice para delegado-geral ao novo governo


Aconteceu, na última quarta-feira (21), a votação que definiu três nomes da Polícia Civil como sugestões para o cargo de delegado-geral no governo de Fátima Bezerra (PT). Em Natal, a votação ocorreu na sede da Associação dos Delegados da Polícia Civil do RN (Adepol). Outras três cidades também participaram do pleito. Os delegados escolhidos, ao final da contagem, foram: Ana Cláudia Saraiva (a mais bem votada, com 106 votos), o delegado Júlio Cesar Barbosa Costa (com 98 votos), seguido do delegado Odilon Teodósio (com 95 votos).


A presidente da Adepol, delegada Paoulla Maués, destacou que a governadora eleita não é obrigada a acolher um dos nomes da lista votada pela associação, mas afirmou que espera que a petista leve a seleção em consideração.  “Esta eleição é uma conquista para nossa Instituição. Sabemos que, por lei, a governadora eleita, Fátima Bezerra, não é obrigada a escolher os nomes da lista. Mas, pelo fato do colegiado de delegados ter eleito profissionais tão qualificados, esperamos que ela observe as nossas sugestões”, disse Paoulla.

O resultado das urnas foi anunciado às 19h30, após a chegada das urnas que estavam no interior do Estado. Esta é a primeira vez na história da Polícia Civil do RN que os delegados decidem uma lista tríplice com nomes para serem oferecidos ao Governo do Estado, como sugestão.

Ao todo, votaram 179 delegados e delegadas, na ativa e aposentados. Destes, 147 votaram em Natal e o restante no interior. O processo de votação foi considerado tranquilo. Muitos saíram de suas cidades para votar em uma das quatro cidades-pólos onde estavam as urnas. “Até mesmo os delegados aposentados compareceram em grande quantidade. Estamos muito satisfeitos”, avaliou a presidente da Adepol/RN.

Mais de 200 delegados estavam aptos a votar e 30 estavam concorrendo. Nos últimos dias, aqueles que colocaram seus nomes à disposição dos colegas apresentaram suas ideias e propostas para a melhoria da Polícia Civil.

Agora RN


Nenhum comentário:

Postar um comentário