BANNER 1


Depois de dois meses de muita ação e solidariedade, chegou ao fim na sexta, dia 21, a edição 2018 da Campanha Natal Sem Fome da Ufersa. O encerramento da ação aconteceu com a entrega dos alimentos arrecadados em Mossoró. Os donativos foram levados mais uma vez para o Lar da Criança Pobre de onde serão encaminhados para as famílias carentes cadastradas pela instituição.

Pelo balanço final da Comissão, o Natal Sem Fome 2018 conseguiu arrecadar cerca de sete toneladas e cem quilos de alimentos nos quatro campi da Ufersa. Segundo a coordenadora da Campanha, a professora Ludimilla Carvalho, mais uma vez houve uma onda de solidariedade em prol da iniciativa.


“A institucionalização da campanha pela Ufersa nos potencializou para garantir alimentos para muitas famílias. Nós chegamos ao nosso objetivo com a meta alcançada. Foi uma campanha de muitas mãos que fizeram o Natal Sem Fome em 2018. Nessa hora a palavra é de gratidão à todos que doaram e participaram da campanha. E já convocamos para o Natal Sem Fome de 2019”, comentou Ludimilla.

Além da comunidade acadêmica da Ufersa, empresários e comerciantes de Mossoró e das cidades onde a Ufersa tem campus (Angicos, Caraúbas e Pau dos Ferros) apoiaram a causa e doaram, principalmente, nas últimas semanas da Campanha.

Só em Mossoró, foram doados 3.800 quilos de alimentos que resultaram em 480 cestas básicas. Cada uma com um quilo de arroz, feijão, açúcar, café, óleo e sardinha, ou seja, mantimentos básicos para uma família de 5 ou 6 pessoas. As doações tomaram conta da recepção do Lar da Criança Pobre. As diretoras da instituição, que é uma obra de caridade, ficaram gratas pelos alimentos doados.

A Irmã Ellen explicou que as cestas irão beneficiar mais de 400 famílias. “Temos famílias cadastradas que recebem uma cesta básica a cada quinze dias. Então para essas famílias carentes da periferia, as cestas significam que eles não vão sofrer com a fome neste Natal, nem no Ano Novo”, comemorou.

Este é o sétimo ano que a campanha beneficia o Lar da Criança Pobre de Mossoró. A obra de caridade é organizada pelas irmãs Ellen, Cristina e Hermelinda. A instituição oferece educação, oficinas técnicas e, principalmente, alimento para famílias carentes da periferia da cidade. Em 2019, o Lar vai completar 40 anos de funcionamento em Mossoró. “O nosso sentimento é de alegria e de gratidão porque vemos no povo de Mossoró a consciência que deve ajudar os mais necessitados. A prática da caridade me alegra”, falou a Irmã Ellen.

A Irmã Cristina, que é médica, complementou. “Todo dia eu dou graças a Deus de fazer bem aos mais necessitados e quero que cada um sinta esse sentimento. Fazer caridade melhora a vida própria e também dos outros”.

Com a entrega dos mantimentos, as cestas passam a ser distribuídas para os moradores carentes ainda neste sábado. A ideia é que no dia 24, na véspera do Natal, todos os alimentos já estejam na mesa das famílias que sofrem com a irregularidade das refeições.


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem