Sicredi


O número de fiéis que acompanharam a tradicional procissão de Santa Luzia, que marca o encerramento da festa da padroeira de Mossoró, superou todas as expectativas e quebrou recorde de público na quinta-feira (13). Pelo menos 150 mil pessoas caminharam com a Santa dos Olhos.

A procissão teve início às 17h, saindo da Igreja Matriz da Paróquia São Paulo Apóstolo, no bairro Nova Betânia, zona oeste da cidade. Seguiu pela avenida Antônio Vieira de Sá, na sequência vai para a rua Felipe Camarão (sentido Centro) e desceu até a avenida Rio Branco. Entrou na avenida Augusto Severo, avenida Santos Dumont e finalmente chegou, por volta das 19h40, à Rua Idalino de Oliveira, de onde seguiu até a catedral de Santa Luzia.


Em todo o percurso foram realizadas apresentações culturais com artistas e grupos da terra, homenageando instituições que prestam serviços em diversas áreas na cidade, como educação, saúde, social e cultura.

A Festa de Santa Luzia celebrou os 50 anos da 2ª Conferência Geral do Episcopado Latino-americano, que realizou-se em Medellín, na Colômbia, entre 24 de agosto e 6 de setembro de 1968, convocada pelo papa Paulo VI.

Na palavra de encerramento da festa, o bispo diocesano dom Mariano Manzana destacou a importância de Medellín, realçando que a sua finalidade foi aplicar as decisões do Concílio Vaticano II à Igreja da região. Disse que o evento marcou a história da Igreja na América Latina, e lembrou que foi cheia de simbologia, como a primeira visita de um pontífice ao continente.

“A Luzia pedimos, não apenas para a nossa cidade e nossa Diocese, mas para todo o Brasil nesse momento tão delicada, para que todos olhem com os olhos da paz da nossa santa padroeira”, disse o religioso, sob os aplausos dos fiéis que superlotaram a área em torno da Catedral de Santa Luzia.

Após a palavra do bispo diocesano, a dupla Ítalo e Renno fez uma apresentação especial, cantando o hino da Festa de Santa Luzia 2018.

Jornal De Fato


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem