Sicredi



Uma barragem da mineradora Vale se rompeu na sexta-feira (25), em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Imagens aéreas mostram que um mar de lama destruiu casas da região do Córrego do Feijão. De acordo com o governo de MG, há ao menos 9 pessoas mortas, ainda não identificadas.

O rompimento ocorreu no início da tarde de hoje, na Mina Feijão. A Vale informou sobre o acidente à Secretaria do Estado de Meio-Ambiente às 13h37. Os rejeitos atingiram a área administrativa da companhia, inclusive um refeitório, e parte da comunidade da Vila Ferteco.


O governo de Minas Gerais confirmou o resgate de nove pessoas com vida da lama e cerca de 100 pessoas que estavam ilhadas. De acordo com informações da Vale, havia 427 pessoas no local, sendo que 279 foram resgatadas vivas. Há, ainda, cerca de 150 pessoas desaparecidas.

No local há aproximadamente 100 bombeiros atendendo a ocorrência. A previsão é de que mais 100 homens cheguem à região. As buscas pelos desaparecidos se intensificaram.

A estimativa é de que 2 mil pessoas estão sem energia no momento. Durante a madrugada, cinco torres de iluminação auxiliaram os trabalhos de salvamento.

Com informações do G1/ e Agência Brasil


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem