BANNER 1


A população cobra das autoridades de trânsito maior rigor na punição de motoristas que param no meio da Avenida Alberto Maranhão, uma das mais movimentadas no Centro da cidade, para fazer o serviço de carga e descarga.

Segundo populares, os caminhoneiros estão parando em lugares onde não existem placas que autorizam o procedimento, causando transtornos a quem trafega pelo local.

“Moro quase vizinho, umas das poucas casas que ainda tem perto, e posso dizer com convicção o grande transtorno que é passar por esse trecho da Av. E não é falta de fiscalização, eles sempre passam por lá, só não fazem nada!”, informa o leitor Lucas Matheus.


Outra moradora reclama da falta de fiscalização sobre transportes de grande porte trafegando dentro da cidade durante o dia.

Segundo a leitora Patrícia Elaine, os pedestres que passam nos arredores da Av. Rio Branco são obrigados a passar pelo meio da rua para evitar os caminhões.

“As concessionárias nos obrigam, muitas vezes, a utilizar a via destinada para os carros por falta de espaço. Outra grande causadora de transtorno é a Socel Salinas, aqui na lateral da praça de esportes, onde é absurdo o trânsito de caminhões de grande porte (proibidos em várias vias, principalmente durante o dia.)”, informou Patrícia.

Além dos caminhões que param para descarregar no meio das avenidas, a população também reclama dos carros de passeio, quem costumam parar em fila dupla, apenas fazendo uso do pisca-alerta.

“Bom se fossem apenas os caminhões, mas eu acho que nas auto-escolas de Mossoró estão ensinando que se você ligar o pisca alerta você pode ficar parado na via, porque não precisa você rodar muito pra ver um motorista fazendo isso”, comentou Jorge Edson.

Mossoró Hoje




Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem