segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019

Empresário é morto com tiro no peito durante assalto dentro de casa no Abolição III


A cidade de  Mossoró, na região Oeste Potiguar, registrou na madrugada de domingo, 24 de fevereiro de 2019, mais um homicídio provocado por disparo de arma de fogo.

O crime aconteceu por volta das 02h00 dentro de uma residência, localizada na Rua Dona Nicacia Oliveira, no Conjunto Abolição III e teve como vítima, o empresario, Joaquim Abrantes Fernandes de 48 anos de idade.

De acordo com informações da polícia civil, o empresário que era dono de um depósito de madeiras, "O Madeirão", localizado ao lado da igreja católica do bairro, teria sido morto ao reagir a um assalto.

Segundo o delegado de plantão, Dr. Teixeira Junior, que acompanhou o trabalho da equipe do ITEP e colheu informações junto a família, o empresário ouviu barulho e achou que seria o cachorro querendo entrar pra dentro de casa, uma vez que chovia no momento e quando ele abriu a porta, os criminosos que estavam encapuzados invadiram a residência e quando o mesmo fez gestos de reação, foi baleado e morreu na hora.

O delegado Teixeira Junior disse ainda que a vítima estava armada e que os bandidos levaram a arma dele. De acordo com a pericia criminal, Joaquim Abrantes foi alvejado com  um único tiro que lhe atingiu o peito. A polícia não informou quantos criminosos estão envolvidos no crime bem como o tipo de transporte que eles estavam. Após a perícia o corpo do empresário foi removido para ser examinado no ITEP e depois liberado para sepultamento. Mossoró chega aos 25 homicídios no ano. A princípio o caso vai ser investigado pela Delegacia de Furtos e Roubos, já que o crime está sendo tratado como latrocínio (Roubo com consequência de morte).

Fim da Linha



Nenhum comentário:

Postar um comentário