quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

Prefeitura de Mossoró retira professores auxiliares e crianças autistas ficam sem aula


Um grupo de crianças com deficiência da rede municipal de ensino de Mossoró está sem poder ir às aulas. O ano letivo foi iniciado no dia 11 de fevereiro e desde então esses estudantes estão sem ir às escolas.

Motivo: não há professor auxiliar, para crianças com deficiência. A função era exercida até o ano passado por estagiários.

"A questão [da retirada] dos estagiários não está transparente. Não sabemos o verdadeiro intuito da Prefeitura quanto a isso. As crianças com deficiência estão sem amparo. Os meus filhos, por exemplo, estão matriculados no turno vespertino e nesse horário não tem 'auxiliar'. Só tem pela manhã. Recebi a informação de que uma estagiária acabou o contrato e a criança que ela estava auxiliando tem de ficar em casa, porque não tem outra pessoa para substituir a profissional", afirmou a presidente da Associação dos Autistas de Mossoró e Região (Amor), Shirley Teixeira.


"Foi feito um acordo com a Prefeitura para não faltar um estagiário [auxiliar] em sala de aula. Mas algumas escolas e creches estão sem esses auxiliares", confirmou.

A assessoria de comunicação da Prefeitura de Mossoró informou que a reunião que estava marcada para esta sexta-feira (22), da Amor com a secretária de Educação Magali Delfino, foi adiada para a próxima segunda-feira (25) e os encaminhamentos necessários serão feitos nesse encontro. Disse ainda que o motivo do adiamento é devido a agenda que a secretária cumpre em Brasília.

Mossoró Hoje


Nenhum comentário:

Postar um comentário