quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

Professores de Mossoró aprovam greve para o dia 8


Na manhã de quarta-feira (27), durante assembleia, a presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Mossoró, Marleide Cunha, defendeu a tese de paralisação geral, visando cobrar do Poder Executivo o reajuste dos salários que não foram dados em 2017, 2018 e agora em 2019.

Com maioria dos votos dos servidores que estiveram presentes na assembleia, ficou decidido pela greve que tem data prevista para ser iniciada no dia 8 de março.

A assembleia aconteceu no auditório da Estação das Artes, em Mossoró.


"A inabilidade da Gestão Rosalba em dialogar não poupa nem as crianças. Ela ignorou o apelo dos professores e nos empurra a greve", diz Marleide Cunha, destacando ainda que o servidor concursado não precisa ter medo de demissão, como acontece com os comissionados e terceirizados.

Gráfico divulgado pelo Sindserpum mostra que todos os prefeitos concederam o reajuste aos servidores municipais e apenas Rosalba Ciarlini está massacrando o salário dos servidores, congelando os salários.

Mossoró Hoje




Nenhum comentário:

Postar um comentário