sábado, 23 de fevereiro de 2019

Suspeito de degolar auxiliar de farmácia na Zona Norte é preso em Natal


A Polícia Civil prendeu na manhã de sexta-feira (22) um homem de 25 anos suspeito de ter assassinado a facadas e degolado o auxiliar de farmácia Jodson da Silva Cândido, de 38 anos, dentro da própria casa em dezembro do ano passado, no bairro Nossa Senhora da Apresentação, na Zona Norte de Natal (Clique AQUI e leia a matéria sobre o crime).

Segundo as investigações, o suspeito conhecia Jodson desde outubro de 2018, quando começou a trabalhar na residência dele. “Pelo que apuramos, o suspeito tinha muita convivência com a vítima, mas não sabemos o que o levou a cometer esse crime bárbaro com requintes de crueldade”, explicou o delegado Rysklyft Factory, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).


"Todas as provas colhidas, todos os testemunhos que nós colhemos levaram a conclusão de que ele foi o verdadeiro autor do fato", concluiu Factory.

As investigações apontaram que o suspeito também tem registros policiais de crimes de violência doméstica contra a ex-companheira.

O crime

Jodson da Silva Cândido foi morto no dia 5 de dezembro, mas o corpo dele foi encontrado apenas no dia seguinte, quando o irmão entrou na casa. Na noite do crime, vizinhos disseram ter ouvido gritos. Uma televisão e alguns objetos da casa foram levados. O imóvel, no entanto, não tinha sinais de arrombamento.

Sobre o cadáver, os peritos do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) encontraram borra de café, que pode ter sido usada para inibir o odor que sairia do corpo quando entrasse em decomposição.

A vítima era auxiliar de farmácia em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Meses antes, ele havia aberto uma padaria ao lado da casa onde morava, no conjunto Parque dos Coqueiros, no bairro de Nossa Senhora da Apresentação.

G1



Nenhum comentário:

Postar um comentário