BANNER 1



Deputado federal eleito pelo PSL, partido de Jair Bolsonaro, o General Girão disse que não publicaria em suas redes sociais o vídeo pornográfico que foi postado pelo presidente da República.

Girão concorda com o teor da crítica do presidente, e faria a mesma crítica em suas redes, caso tivesse recebido o vídeo obsceno registrado em um bloco de carnaval de São Paulo, mas sem a ilustração polêmica.

A declaração do parlamentar foi ao Jornal da Noite de ontem, quando ele nos concedeu entrevista.

Thaisa Galvão



Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem