BANNER 1

                                            
                                                                        Paulo: grande perda (Foto: Web)
O farmacêutico-bioquímico, escritor e pesquisador Paulo de Medeiros Gastão, 80, pernambucano de origem que se tornou mossoroense por inteiro, faleceu nesta segunda-feira (4). O óbito ocorreu em Mossoró, pela madrugada.
Tinha câncer e estava internado na antiga Casa de Saúde Santa Luzia, unidade da Liga Mossoroense de Estudos e Combate ao Câncer (LMECC).
O velório acontece na capela do Seminário Santa Terezinha. Seu sepultamento ocorrerá às 16h no Cemitério São Sebastião, em Mossoró.
*Blog do Carlos Santos




Criador e primeiro presidente da Sociedade Brasileira de Estudos do Cangaço (SBEC), ele escreveu importantes livros sobre o banditismo rural fermentado no Nordeste entre o século XIX e século XX, como “Quem é quem no cangaço”, “Lampião de A a Z”, “O cangaço e a imprensa”, “Jararaca – o cabra valente do Moxotó” e “Geografia do cangaço – nomenclatura”.
Compôs também outras entidades e movimentos culturais, como Fundação Vingt-un Rosado e o Cariri Cangaço.
Nota do Blog – Paulo era uma figura adorável. Inesquecível uma viagem que fizemos juntos há alguns anos, para participação no Cariri Cangaço, entre Crato, Juazeiro, Barbalha e outros municípios cearenses.
Que descanse em paz, meu caro.

Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem