BANNER 1


O Governo do Rio Grande do Norte registrou até esta semana uma receita acumulada de R$ 3,159 bilhões, o que corresponde a cerca de 20,68% do previsto para o ano. Comparando com as despesas públicas até o mesmo período, delimitadas em R$ 1,75 bilhão, o Estado está com um saldo positivo de R$ 1,4 bilhão.

Os dados foram identificados no Portal da Transparência do Estado. O levantamento foi feito com os dados publicados até segunda-feira, 18. O resultado foi alvo de reclamações do ex-vice-governador do Estado, Fábio Dantas, que utilizou as redes sociais para criticar a falta de transparência do governo estadual. “O que não entendo é porque o portal da transparência do próprio governo aponta esses números e o governo divulga outro. Tem dinheiro em caixa, segundo o portal da transparência”, disse ele, através das redes sociais.


Segundo o poder Executivo, a falta de recursos é a principal justificativa para o não pagamento de salários atrasados dos servidores estaduais. O governo não pagou o 13º salário de 2017, parte do Salário de novembro de 2018, o 13º salário de 2018 e Salário de dezembro de 2018. Atualmente, a dívida acumulada é de R$ 857 milhões.

Desta forma, o valor encontrado de saldo poderia quitar toda o débito com salários. Com o pagamento, o Estado ainda teria uma sobra de cerca de R$ 543 milhões. O valor é suficiente para quitar uma folha salarial, cujo valor é de R$ 450 milhões.

O deputado estadual Kelps Lima (Solidariedade) também questionou o superávit apresentado pelo portal da transparência. “Na primeira vez, o Governo disse que o dado apresentado estava errado, que não existia sobra, apesar de os números estarem no Portal da Transparência. É por isso que a Assembleia solicitou, através de requerimento da deputada Cristiane Dantas, a senha do Sistema Integrado de Administração Financeira, o SIAFI, para analisarmos os dados reais”, disse o parlamentar.

Procurada pela reportagem do Agora RN, a Secretaria Estadual de Planejamento ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Agora RN


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem