Sicredi


Os operadores da Segurança Pública do Rio Grande do Norte vão realizar nesta terça-feira, 23, um ato público e caminhada. A concentração ocorrerá às 9 horas, nas imediações do Instituto Federal do RN (IFRN), com previsão de caminhada até a Governadoria.

O objetivo do ato é cobrar o pagamento dos salários das folhas em atraso ainda do exercício 2018 (o salário de dezembro de 2018 e o 13° salário do ano passado).


Em reunião ocorrida no início do mês entre representantes da Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais Militares do RN (ASSPMBMRN) e do Governo do Estado. Nela, Raimundo Alves, secretário-chefe do Gabinete Civil, e que representou o Executivo no encontro, explicou aos presentes o momento em que se encontra cada uma das operações que buscam as receitas extras e assegurou que, para a satisfação dos débitos, será respeitada a ordem cronológica, ou seja, vai pagar primeiramente o 13° salário de 2017, depois a folha em atraso de novembro de 2018, e, na sequência, os pagamentos da folha de dezembro de 2018 e o 13° salário de 2018.

O presidente da ASSPMBMRN relata que os dirigentes questionaram sobre a priorização aos servidores da Segurança Pública, e por sua vez, o secretário-chefe disse que espera não ser necessário ter que priorizar qualquer categoria de trabalhadores. De acordo com o subtenente, caso essa necessidade de consolide, a resposta é que a competência de tomar a decisão política será da governadora Fátima Bezerra.

Defato.com


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem