sábado, 20 de abril de 2019

Pesquisa mostra Rosalba como preferida para a sucessão, mas seguida de perto por outros nomes


O Blog do jornalista Bruno Barreto divulgou pesquisa em parceria com o Instituto Seta de Natal onde projeta o quadro sucessório mossoroense.

São duas projeções na Pesquisa Estimulada, sem presença de Tião Couto (PR), ex-candidato a prefeito, e outra sem Jorge do Rosário (PR), que foi vice de Tião em 2016. Veja abaixo o resultado do levantamento:

Cenário sem Tião Couto (PR) e com Jorge do Rosário (PR), Gutemberg Dias (PCdoB) e Dr. Daniel Sampaio (PSL):


Rosalba Ciarlini (PP) 24,8% (entre 21,3 e 28,3%)

Allyson Bezerra (SD) 17,5% (entre 14 e 21%)

Jorge do Rosário (PR) 12,8% (entre 9,3 e 16,3%)

Isolda Dantas (PT) 10,8% (entre 7,3% e 14,3%)

Gutemberg Dias (PC do B) 4,5% (entre 1 e 8%)

Dr. Daniel (PSL) 3,8% (entre 0,3 e 7,3%)

NS/NR 19%

Ninguém/branco/nulo 7%

Cenário com o nome de Tião e sem Jorge do Rosário, Gutemberg Dias (PCdoB) e Dr. Daniel Sampaio (PSL):

Rosalba Ciarlini (PP) 26% (entre 22,5 e 29,5%)

Allyson Bezerra (SD) 18,3% (entre 14,8 e 21,8%)

Tião Couto (PR) 16,5% (entre 13 e 20%)

Isolda Dantas (PT) 11,3% (entre 7,8% e 14,8%)

NS/NR 15,5%

Ninguém/branco/nulo 12,5%

Pesquisa espontânea

Na pesquisa espontânea, onde nenhum candidato é apresentado ao entrevistado, o indeciso é o "preferido" do eleitor com 57,5% seguido por “ninguém” com 19,3%.

A soma dos eleitores indiferentes à sucessão atinge o percentual de 76,8%.

Rosalba Ciarlini (PP), atual prefeita de Mossoró, foi a mais lembrada por 13,8% dos entrevistados:

Não Sabe – 57,5%

Ninguém – 19,3%

Rosalba Ciarlini (PP) – 13,8%

Tião Couto (PT) – 3,5%

Dr. Daniel (PSL) – 1,5%

Francisco José Jr. (sem partido) – 1,0%

Paulo Doido (figura folclórica da cidade) – 1,0%

Allyson Bezerra (Solidariedade) – 0,8%

Isolda Dantas (PT) – 0,6%

Cláudia Regina (DEM e inelegível) – 0,5%

Oliveira Costa – 0,3%

Ozaniel Mesquita (PR) – 0,3%

Zé Peixeiro (MDB) – 0,3%

O Instituto Seta ouviu 600 pessoas em 27 localidades das zonas urbana e rural de Mossoró entre os dias 13 e 14 de abril. A margem de erro é de 3,5% para ou mais ou para menos com intervalo de confiança de 95%.


Nenhum comentário:

Postar um comentário