Sicredi


Ele tem dois santos no nome. Antônio e Francisco. Cada um com sua importância e tradição. Mais do que uma referência religiosa, Antônio Francisco representa uma das mais importantes manifestações artísticas do Nordeste, o cordel, que através de um dos seus nomes mais populares leva Mossoró para além da nossa região, encantando com seus versos adultos e crianças. Em 2019 trechos dos poemas do mais famoso cordelista da cidade vão compor as apresentações do Chuva de Bala no País de Mossoró.

“Uma das novidades para este ano é que o narrador vai citar trechos de cordéis conhecidos de Antônio Francisco. Além de outras referências que serão incluídas, mas que ainda não podemos revelar. Teremos surpresas e uma edição que promete emocionar mais uma vez”, explica o diretor do musical, Marcos Leonardo.


Em 2018, o Chuva de Bala homenageou Valdemar dos Pássaros. A homenagem ia desde elementos cênicos até o estilo do narrador que conduzia a história. Este ano a referência será direta a Antônio Francisco, homenageando muitos dos seus poemas e recitando alguns dos que já são alvos de estudo de vários compositores pelo país, a exemplo de “Os Animais tem Razão”, “O Ataque de Mossoró ao Bando de Lampião”, entre outros.

Os ensaios do Chuva de Bala no Pais de Mossoró já começaram e, dentre outras novidades, este ano o musical contará com apresentações de músicos ao vivo no palco. A temporada 2019 ocorre de 13 a 28 de junho.


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem