segunda-feira, 13 de maio de 2019

Auditoria aponta que mais de 60% dos seguidores de Bolsonaro no Twitter são fake


A análise do perfil do Twitter de Jair Bolsonaro feito na Fake Followers Audit, uma plataforma online que comprova, através de estudos de comportamento, a autenticidade de perfis na rede social, mostra que mais de 60% dos seguidores do presidente brasileiro são falsos. O Twitter é a principal ferramenta de comunicação do capitão da reserva.

De acordo com o estudo, 60,9% dos perfis que seguem Bolsonaro estão inativos, são falsos ou controlados por robôs. O índice equivale a 2.516,985 páginas.

O site UOL confirmou os dados na plataforma e ainda foi além: constatou que, de 2.000 seguidores analisados, 59% não falam português, 61% são perfis criados nos últimos 90 dias e 18% apresentam apenas o ‘ovinho” padrão do Twitter.

Além disso, quando analisado os retweets das postagens, o efeito fake se repete. Numa das mensagens postadas por Bolsonaro, dos 5 mil compartilhamentos, apenas 835 (17%) eram de perfis com menos de 10 seguidores – um indicador de que pode ser fake.

Confira a reportagem completa do UOL clicando AQUI.


Nenhum comentário:

Postar um comentário