governo

sábado, 18 de maio de 2019

Jovem raptado em Serra do Mel é encontrado morto com mãos e pés amarrados na Estrada da Raiz

A cidade de Mossoró, localizada na região Oeste do Rio Grande do Norte, contabiliza mais um assassinato, elevando para 67 o número de homicídios no ano de 2019.

Um jovem de 19 anos de idade, identificado como Lucas Araújo de Souza, natural de Mossoró RN e residente em Serra do Mel RN, foi encontrado morto na manhã deste sábado, 18 de maio, com mãos e pés amarrados com enforca gato e com o corpo crivado de balas, na Estrada da Raiz, região do bairro Santo Antônio em Mossoró.

De acordo com boletim de ocorrência, registrado, pela família na Delegacia de Plantão da Polícia Civil, o jovem havia sido raptado na noite de sexta-feira (17), de uma praça na Vila Brasília em Serra do Melo, por cerca de quatro homens armados e encapuzados que se passavam por policiais.


Os criminosos, chegaram em um carro tipo Jeep Renegade de cor branca e mandaram que as pessoas que estavam na praça se afastassem, depois colocaram o jovem a força dentro do carro e fugiram no sentido de Mossoró.

Por volta das 05h30 deste sábado, a Polícia Militar recebeu informações sobre a existência de um corpo jogado às margens da Estrada da Raiz. A VTR Ronda Cidadã isolou o local.

De acordo com informações do perito criminal, Dênys Orozco, a vítima foi morta no local onde o corpo foi encontrado e apresentava cerca de 10 perfurações de tiros, a maioria na cabeça, caracterizando uma execução sumária. O tipo da arma usada no crime, não foi possível identificar, uma vez que não foram encontradas cápsulas, nem tão pouco estojos no local do crime. A perícia encontrou também um enforca gato em volta do pescoço da vítima.

A família do jovem esteve no local onde reconheceu o corpo e disse ao delegado de plantão, Dr. Luiz Fernando, que Lucas não tinha envolvimento com ilícitos e afirmou que o mesmo respondia apenas a um TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência) por desacato. Ele conduzia uma moto sem placas e na abordagem policial, teria discutido com o oficial e conduzido à delegacia da polícia civil naquela cidade. O jovem, segundo a família, estava pagando a pena, prestando serviço à comunidade em Serra do Mel.

Os familiares não sabem a que atribuir o brutal assassinato do jovem Lucas Araújo de Souza. O corpo foi removido do local após a perícia e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) ddo ITEP para ser examinado e depois liberado para sepultado. O crime vai ser investigado pela Delegacia de Homicídios de Mossoró.

Fim da Linha


Nenhum comentário:

Postar um comentário