Sicredi


A Secretaria de Segurança Pública, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Trânsito apresentou na quinta-feira (09) no auditório da Estação das Artes, o plano de operações da segurança para o Mossoró Cidade Junina 2019. Dentre as novidades, o sistema de reconhecimento facial e ampliação do videomonitoramento por câmeras, totalizando 97 em todo o circuito do evento. A apresentação contou com a presença dos comandantes das forças de segurança, incluindo II e XII Batalhão de Polícia Militar, Polícia Civil, 2º Distrito de Polícia Rodoviária Estadual (DPRE) e Corpo de Bombeiros.



O efetivo da segurança será distribuído por todo o evento, com número maior nos dias de expectativa de maior público e com destaque para o Pingo da Mei Dia, abertura oficial do Mossoró Cidade Junina, que ocorre no dia 08 de junho, e Boca da Noite, encerramento no dia 29 de junho. A média é de 540 agentes de segurança por dia, entre policiais militares, segurança privada, guardas civis, agentes de trânsito e do Corpo de Bombeiros. De acordo com o secretário Sócrates Vieira, o objetivo é “garantir a segurança, o bem-estar e a tranquilidade de todos os frequentadores da festa Mossoró Cidade Junina 2019, coordenando os meios humanos e equipamentos com as instituições da Segurança Pública em nível Federal, Estadual e Municipal”, explica o representante da pasta da Segurança.

Serão utilizadas 27 câmeras de monitoramento permanentes para auxiliar nas ações de segurança pública e trânsito. Além destas, serão instalados também equipamentos específicos para reforçar a segurança do Mossoró Cidade Junina 2019 (MCJ), a exemplo do reconhecimento facial. No total, o evento contará com 97 câmeras de videomonitoramento, uma ampliação em relação a 2018. “Esse sistema é o mesmo utilizado em grandes eventos nacionais, a exemplo do carnaval do Rio de Janeiro. Será uma iniciativa pioneira em Mossoró e que já está assegurada através de um sistema com tecnologia avançada, auxiliando na identificação de criminosos e reforçando a segurança pública”, continua Sócrates.

Outro tema abordado pelo Major Andrelino, subcomandante do II Batalhão de Polícia Militar, foi a proibição da entrada de recipientes como coolers de bebidas. “Vai garantir uma melhor segurança, o nosso objetivo é esse, garantir um evento seguro para todos os frequentadores”, ressalta.

Também foram destacados os bloqueios de ruas e avenidas para realização do MCJ. “Vamos divulgar previamente para que a população utilize vias alternativas e os transtornos sejam minimizados no período”, complementou Barra Neto, gerente de fiscalização do Trânsito.

A Polícia Civil também vai disponibilizar a delegacia móvel para realização de boletins de ocorrência, flagrantes e demais ações.

O Mossoró Cidade Junina será realizado de 08 a 29 de junho no Corredor Cultural e em demais trechos que compreendem o evento.


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem