sábado, 4 de maio de 2019

Postos de saúde abrem neste sábado para o Dia D da vacina contra gripe


O Dia D da vacina contra a gripe é realizado neste sábado (4) com a mobilização de postos de saúde em todo o país para melhorar a cobertura da vacina junto aos grupos que devem receber a dose. O Ministério da Saúde anunciou que 41,8 mil pontos de vacinação estarão abertos e 196,5 mil funcionários serão envolvidos.

A campanha ainda inclui 21,5 mil veículos terrestres e fluviais, que levam as vacinas contra o vírus influenza a locais de difícil acesso para a população.


Campanha nacional

Até sexta-feira, 14,5 milhões de pessoas haviam sido vacinadas no Brasil. Mesmo quem não conseguir se vacinar neste sábado pode comparecer aos postos até 31 de maio. A meta é imunizar pelo menos 90% do grupo prioritário, de cerca de 59,5 milhões de pessoas.

O ministério investiu R$ 968,9 milhões na aquisição de 64 milhões de doses de vacina neste ano.

Quem deve tomar a vacina?

As vacinas oferecidas gratuitamente pelo governo são destinadas a:

  • Crianças de 6 meses a 5 anos de idade;
  • Gestantes; puérperas, isto é, mães que deram à luz há menos de 45 dias;
  • Idosos;
  • Profissionais de saúde, professores da rede pública ou privada, portadores de doenças crônicas, povos indígenas e pessoas privadas de liberdade.
  • Portadores de doenças crônicas (HIV, por exemplo) que fazem acompanhamento pelo SUS também têm direito à vacinação gratuita.

Quem não faz parte dessas categorias pode adquirir a vacina contra a gripe na rede privada por cerca de R$ 100 a 150.

A vacina não é capaz de causar a gripe em quem recebe. Ela permite que o paciente fique imune aos tipos de vírus mais comuns em circulação sem ficar doente.

G1


Nenhum comentário:

Postar um comentário