BANNER 1


A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) divulgou uma nota informando que neste mês de julho a bandeira tarifária utilizada será amarela. Isso significa que haverá uma cobrança de R$ 1,50 para cada 100 quilowatts-hora consumidos. A cobrança começou valer na segunda-feira (1º).

De acordo com a nota a mudança da bandeira se deu pelo fato de julho ser historicamente um mês de poucas chuvas nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN).


“A previsão hidrológica para o mês sinaliza vazões abaixo da média histórica e tendência de redução dos níveis dos principais reservatórios. Esse cenário requer o aumento da geração termelétrica, o que influenciou o aumento do preço da energia (PLD) e dos custos relacionados ao risco hidrológico (GSF) em patamares condizentes com o da Bandeira Amarela”, disse a agência.

Em junho a bandeira utilizada foi a verde, situação em que não é cobrado nenhum adicional às contas, o que representou uma menor valor a ser pago pelo consumidor.

O sistema de bandeiras tarifárias foi criado pela Aneel para garantir maior transparência às contas de energia e permite ao consumidor saber o momento certo de fazer maior economia, evitando desperdícios.

O funcionamento das bandeiras tarifárias é simples: as cores verde, amarela ou vermelha (nos patamares 1 e 2) indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração.

Mossoró Hoje

Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem