Notícias

Ex-alunos do Colégio Abel Coelho fazem festa de reencontro neste sábado (13)


Foi a partir de um grupo de amigos no whatsapp, criado pelo historiador Lindomarcos Faustino, que surgiu a ideia de formar uma comissão para organizar um reencontro dos ex-alunos e ex-alunas que estudaram na Escola Abel Coelho na década de 80, época áurea daquela instituição de ensino público que ficou marcada pela boa qualidade do ensino que oferecia.

No próximo sábado, 13 de julho de 2019, depois de muito planejamento, vai acontecer o "1º Encontro Abelhudas e Abelhudos." Não se trata de um evento em local específico, e sim um reencontro com várias atividades, em vários locais, cujo objetivo é reviver a época de ouro do Abel.



A programação começa às 7h40 com uma visita à escola Abel Coelho e um café da manhã. O próximo compromisso dos ex-alunos e alunas são os jogos de handebol no Ginásio Carecão, a partir das 09h30, onde as equipes masculina e feminina do Abel Coelho vão enfrentar o Colégio Dom Bosco.

O membro da comitê organizador do encontro e ex-aluno do Abel, Nelsinho Chaves, esclarece que o encontro, embora seja focado nos alunos da década de 80, é aberto a todos os ex-alunos da instituição, com exceção da participação nos jogos, "Nos concentramos naquela turma que jogou na década de 80, quando o Abel Coelho se destacou por suas grandes equipes. Convidamos o Colégio Dom Bosco para os jogos, pois era um dos nossos grandes rivais na época", explica. Para assistir aos jogos é preciso levar 1Kg de alimento não perecível. A quantia arrecadada será doada a instituições de caridade.

O Encerramento da festa será no Restaurante Tenda, a partir das 20h30, com um grande reencontro animado pela banda Radiola Clube. "Vamos para um reencontro mesmo, vamos rever pessoas que fizeram parte da nossa juventude, da nossa história e que por motivos diversos a gente já não encontra hoje com tanta facilidade", diz Nelsinho Chaves.



Neste ano de 2019 o Abel Coelho vai completar 40 anos de existência, o "1º Encontro Abelhudas e Abelhudos," abre as comemorações de aniversário da escola, o que é mais um motivo para prestigiar o evento que será um momento festivo, de alegria, confraternização e muito saudosismo. "Quem não puder ir ao café da manhã, pode assistir aos jogos ou ir à festa de reencontro, só não pode deixar de participar", afirma Nelsinho.


Nenhum comentário