Cacim


Mossoró registrou mais um homicídio provocado por disparos de arma de fogo, o primeiro do mês de julho e nonagésimo quarto do ano de 2019.

O crime aconteceu por volta das 14h30 na Rua Antônio Vitor de Melo, na Favela do Fio, região do Promorar do Santa Delmira e teve como vítima o jovem José Ricardo Costa de 23 anos de idade, que foi executado em via pública.

Segundo a PM que atendeu a ocorrência e isolou o local do crime, a vítima tinha saído de casa em companhia da esposa, para comprar pão e quando retornava foi surpreendido por indivíduos que chegaram em um carro de cor cinza e atiraram contra ele.


José Ricardo Costa, foi atingindo com um tiro de escopeta calibre 12 na região da cabeça e morreu na hora. No local não foram encontrados cápsulas ou estojos, mas pelo impacto que causou o disparo, deixando a cabeça na parte traseira esfacelada, com massa cefálica espalhada pelo chão e na parede de uma residência, deduz-se que a arma usada no crime tenha sido mesmo uma escopeta de grosso calibre.

No local, apesar de que muitos curiosos ficaram observando a cena, ninguém quis falar com a Polícia Civil sobre o ocorrido. Até o momento não há informações sobre motivação e autoria do assassinato brutal. A esposa de José Ricardo, conversou com o delegado de Plantão, Dr. José Vieira de castro e disse que seu marido não tinha envolvimento com ilícitos e que nunca foi preso.

O caso vai ser investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) núcleo de Mossoró. Depois da perícia realizada no local, pela equipe do ITEP, o corpo do jovem foi recolhido e encaminhado ao Instituto Médico Legal do órgão, para ser examinado e posteriormente liberado para sepultamento.

Fim da Linha


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem