Sicredi

Café da manhã no Abel Coelho

Ainda repercute, principalmente nas redes sociais, o sucesso alcançado com a realização do I Encontro dos Ex-alunos do Colégio Abel Coelho Anos 80. O evento, que se deu em três momentos, rememorou os anos dourados da instituição, que neste ano de 2019 está completando 40 anos de fundação.

Logo pela manhã do sábado (13), os ex-alunos foram recebidos em um café da manhã na sede do colégio, já contando com expressiva participação, inclusive de pessoas que vieram de outras cidades e estados.

Em um segundo momento, a partir das 09h no Ginásio Carecão, no Colégio Diocesano, duas partidas de handebol envolvendo as equipes do Abel Coelho e do Dom Bosco, nas modalidades masculino e feminino, fizeram não só atletas e professores, como também a numerosa torcida presente nas arquibancadas, voltarem no tempo e reviverem as emoções das disputas entre os tradicionais rivais das quadras daquela década.

A exemplo dos jogos de outrora, as disputas renhidas tornaram no presente marcantes as emoções sentidas tanto dentro de quadra quanto fora dela. Algo que já fora denotado com o desfile de abertura dos atletas e puxado pela Banda Fanfarra Independente, do Colégio Diocesano, hasteamento de bandeiras e canto do Hino Nacional, sem falar nas presenças das charangas das respectivas torcidas.

Ao final dos jogos tão festivos, o resultado foi o que menos interessou, valendo mais o congraçamento entre atletas e torcidas. No entanto, principalmente no masculino, o empate em 15 x 15  preservou a tradição do equilíbrio do clássico. A disputa de 7 metros definiu quem ficou com o troféu de primeiro lugar, conquistado pela equipe convidada, que converteu 3 tiros de 7 metros contra 2 do anfitrião. No feminino, o Dom Bosco venceu com certa folga, por 8 a 5.

O momento esportivo vivido por todos, recheado de muita emoção, foi considerado um dos pontos altos do encontro, e, além de mexer com o brio dos envolvidos, repercutiu nas redes sociais pela raridade e organização em um formato já não mais visto no dia a dia dos mossoroenses.


Foto: Edilberto Barros



Para a assistir aos jogos era necessário levar 1kg de alimento não perecível que seriam doados posteriormente a uma instituição filantrópica. A comissão organizadora esperava com isso arrecadar cerca de 200 kg de alimentos. Porém, graças ao sucesso do evento, a quantidade superou as expectativas, chegando a quase meia tonelada. Com isso, ao invés de uma, duas entidades filantrópicas foram beneficiadas.


À noite, os chamados "abelhudos" e "abelhudas" puderam reencontrar amigos, colegas - muitos dos quais não se viam há mais 30 anos - em um jantar dançante promovido no Tenda Restaurante, sob a animação da Banda Radiola Clube. Não sem antes rebuscar a gloriosa história vivida na primeira metade da década de 80, tempos áureos daquele colégio de ensino de segundo grau modelo, para o qual migraram diversos alunos de escolas particulares, através de uma exposição por parte da comissão organizadora do encontro, momento onde um misto de sorrisos e lágrimas deu a tônica quando, em um painel, foram exibidas diversas imagens que pontuavam a fala dos cerimonialistas/comissão organizadora, formada pelos ex-alunos Gilcélio, Ciro, Marquedones, Nelsinho Filho, Ceição, Lindocastro, Negócio, entre outros.

O titular deste Blog, que tem o orgulho de também ter feito parte desta história, considera difícil definir qual dos três momentos foi mais carregado de emoção.

Foi teste para cardíaco!



Agradecer é preciso e a comissão organizadora nos remete aqui à relação dos patrocinadores do que foi revestido de todo êxito: Somatex, Construtintas, Comarques, Marq Tech, Master Eventos, Arca Potiguar, Comercial Paraíba, Construsa e Car Serviço.



3 Comentários

  1. Momentos de muita emoção e saudade. Faço parte dessa história.

    ResponderExcluir
  2. Tb estudei e joguei pelo Abel. Fiquei muito feliz por essa iniciativa de reencontrar amigos... Pena que só fiquei sabendo depois que já tinha passado.
    Pena que a fotos estão distorcidas, dificultando o reconhecimento das pessoas.
    Erilucia Dantas. (De 1985 a 1987)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem