BANNER 1


O ex-presidiário Valdessio Bezerra da Costa Filho, de 19 anos de idade, morador da cidade de Tibau, foi encontrado morto com o corpo crivado de balas, no final da manhã de sábado, 03 de agosto de 2019, por trás do muro da subestação da Cosern no final da Avenida Alberto Maranhão no Bairro Barrocas em Mossoró, região Oeste Potiguar.

No local várias cápsulas de pistola ponto 40 ficaram espalhadas pelo chão e segundo a perícia criminal, a vítima sofreu 8 tiros pelo corpo. Valdéssio passou pelo sistema prisional por crime de tráfico de drogas, mas estava em liberdade.

Populares informaram para a polícia que a vítima teria sido vista na tarde de sexta feira (02) transitando pela Rua Noêmia Chaves no mesmo bairro onde foi morto. O delegado de plantão Dr. Luiz Fernando esteve no local e informou a Imprensa que a Polícia Civil já tem a identificação do suspeito do crime, mas não quis adiantar nada para não atrapalhar as investigações. De acordo com com a delegacia, uma discussão entre a vítima e o suspeito pode ter sido a motivação do crime

Após o trabalho de perícia o corpo do ex-presidiário foi recolhido e encaminhado para ser examinado no ITEP e depois liberado para sepultamento. Mossoró chega neste aos 108 homicídios em 2019. O caso será investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Fim da Linha



Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem