BANNER 1


A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte realizou sessão solene na quarta-feira (18) para celebrar os 110 anos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN).

A homenagem é de proposição do Deputado Estadual Allyson Bezerra (Solidariedade), e reuniu professores e alunos no Plenário Clóvis Motta. Gestores e aluno foram homenageados.

O deputado estadual Allyson Bezerra falou da importância que o instituto tem na sua vida acadêmica e sobre a realização de um sonho. “Ingressar no IFRN sempre foi um grande sonho meu e também era um grande sonho do meus pais, que felizmente eu pude realizar e hoje tenho o orgulho de dizer que fiz parte daquela instituição. Tenho uma ligação muito forte com o IFRN. Tudo que aprendi no IFRN, os amigos que fiz, me deram base para não desistir e seguir sempre buscando melhorar. Hoje vivemos um debate forte a respeito de cortes na educação, o que torna essa homenagem ainda mais importante”, declarou.

Em seu discurso, o parlamentar também reafirmou seu compromisso com uma educação pública e de qualidade. “É tempo de valorizar a educação, é tempo de valorizar uma instituição que acredita em seus alunos e professores para a transformação e desenvolvimento do nosso estado”, afirmou.

“No próximo dia 23,o IFRN completará oficialmente 110 de vida. Uma história que diz muito a cada um de nós, mas é também emblemática na transformação de outras tantas vidas, em face do efeito catalizador e transformador que cada indivíduo que passa pelo IF carrega em si, em termos de conhecimento, formação humanística e experiência”, finalizou.

Hoje, o IFRN possui cerca de 28 mil alunos em seus 21 campi distribuídos por todas as regiões do Estado, atuando de forma verticalizada, oferecendo cursos de níveis médio e superior, nas modalidades presencial e à distância – esses últimos ofertados pela Instituição e também através da Rede Escola Técnica do Brasil (Rede e-Tec Brasil) e do Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB). Ao todo, são 109 cursos oferecidos.

O reitor do IFRN Wyllys Abel Frankatt destacou o avanço do instituto ao longo dos anos e ressaltou a importância do mesmo para o Estado. “A missão do instituto é prover a formação humana, científica e profissional aos discentes visando o desenvolvimento social do Rio Grande do Norte. Se bem analisarmos, poderemos ver que em sua essência, somente a estrutura, o alcance e a abrangência do atual IFRN guarda diferenças diante dos propósitos daquela escola de aprendizes um dia. Temos caminhado nesses 110 anos, vencendo dificuldades através do preparo técnico e formação profissional”, afirmou.


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem