BANNER 1


Um dos principais delatores da operação "lava jato", o executivo Henrique Valladares foi encontrado morto na terça-feira (17/9) em sua casa no Rio de Janeiro. O empresário ocupou por anos o cargo de vice-presidente da Odebrecht.

Valladares delatou Aécio Neves, tendo dito que pagou ao tucano R$ 50 milhões, que foram depositados em contas no exterior. Também alegou ter recebido uma cobrança de dinheiro por Edison Lobão quando o então ministro de Dilma Rousseff estava internado em uma UTI.  O executivo também delatou lideranças indígenas e membros da CUT.

Ainda não foi divulgada a causa da morte.

Conjur

Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem