BANNER 1



Um prédio histórico, que antes abrigava a “Estação do Trem”, pertencente à Rede Ferroviária Federal S/A (RFFSA). Com a desativação para esse fim foi criada a Estação das Artes Elizeu Ventania, por iniciativa da prefeita Rosalba Ciarlini, à época, em sua segunda gestão.

O nome Elizeu Ventania foi em homenagem ao cantor e compositor mossoroense, já falecido. No local, é possível visualizar um busto do poeta popular, com canções que ficaram famosas além dos limites de Mossoró.

A Estação das Artes integra o chamado Corredor Cultural. O local recebe, dentre outros eventos, o Mossoró Cidade Junina, uma das mais importantes manifestações culturais locais. A avenida foi batizada com o nome de Nestor Saboya e, quando foi idealizada, recebeu os primeiros arraiás, movimentos precursores da grande festa de São João de Mossoró.

E será na Estação das Artes que a partir do dia 26 a cidade voltará a contar com o maior espetáculo a céu aberto do país, o Auto da Liberdade. O local já recebeu uma grande estrutura de palco para relembrar os feitos históricos locais, tais como: motim das mulheres, abolição da escravatura, resistência ao bando de Lampião e primeiro voto feminino. As apresentações são gratuitas e encerram no dia 29.


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem