BANNER 1


O mutirão de mamografias em Mossoró, contratado pela Câmara Municipal ao Grupo Reviver e que começou na segunda-feira (28) e segue até quarta-feira (30), é feito com base em encaminhamentos médicos da Liga Mossoroense de Estudos e Combate ao Câncer (LMECC) e de Unidades Básicas de Saúde (UBSs).

As beneficiárias precisam da indicação clínica ou de urgência, feita através da LMECC e das UBSs, para ter acesso aos exames. Não haverá, portanto, distribuição de fichas por ordem de chegada na Câmara Municipal, onde as beneficiárias são acolhidas e fica a unidade móvel do Grupo Reviver.

Suporte

O encaminhamento disciplina o atendimento, ao beneficiar mulheres já com o perfil para mamografia e que já aguardam pelo exame na rede pública. Também evita possível indicação política para os exames.

Outra novidade este ano é quanto à entrega dos resultados.  “A Câmara receberá os laudos do Grupo Reviver e os encaminhará lacrados para a Liga. Lá, a beneficiária terá acesso ao resultado, com o suporte de equipe especializada e, a depender da conclusão, já será direcionada para o devido atendimento”, informaa presidente da Câmara Izabel Montenegro.

Outubro Rosa

As mulheres encaminhadas pela LMECC e UBSs participam de roda de conversa, na sede do Legislativo, sobre importância da prevenção ao câncer de mama, antes da triagem do Grupo Reviver e o exame.

É o segundo ano seguido que a CMM oferece esse mutirão de mamografia, na campanha Outubro Rosa, em uma contribuição da Câmara com a saúde da mulher em Mossoró. O atendimento ocorrerá das 7h às 17h, para mulheres a partir dos 40 anos.

Além de exames de mamografia, a ação do Outubro Rosa na Câmara Municipal de Mossoró oferece orientações sobre a importância da prevenção e do acompanhamento contra o câncer de mama.

Na manhã de segunda-feira, a enfermeira Lívia Morais, da Liga Mossoroense de Estudos e Combate ao Câncer (LMECC) ministrou palestra para mulheres beneficiárias das mamografias.

Enquanto aguardavam o exame, elas receberam demonstração do autoexame de mama – técnica de prevenção para identificar estágios iniciais do câncer de mamas – e outras informações.

“O acompanhamento, com o autoexame e a mamografia, é fundamental para detectar a doença em fase inicial, o que é fundamental para o tratamento bem sucedido e a cura”, ensinou Lívia Morais.


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem