BANNER 1

Mossoró registrou mais dois homicídios na quinta-feira (07).

O primeiro crime aconteceu na Rua Nemésio Medeiros da Costa confluência com a avenida Alberto Maranhão no bairro Barrocas.

A vítima, Gilberlando da Silva, 37 anos, era natural de Catolé do Rocha no estado da Paraíba e foi morto com cerca de cinco tiros na calçada de sua casa.

Informações que a vítima estava deitado com a mulher em uma rede na calçada, quando dois homens em uma moto passaram observando em frente a residência, retornaram e um garupa efetuou os disparos.

Gilberlando ainda tentou correr, mas sem êxito e acabou sendo baleado e morto. De acordo com o delegado Rafael Áreas, o crime pode estar ligado a um caso amoroso.

A vítima não tinha passagem pelo sistema prisional e segundo informações repassadas a Polícia Civil, Gilberlando estaria convivendo com uma mulher há pouco tempo.

Já no início da noite do mesmo dia, o serralheiro José Diego das Chagas Silva, de 20 anos, baleado com um tiro na cabeça no início da tarde, no bairro Aeroporto II (Macarrão), morreu no Hospital Tarcísio Maia.

José Diego estava no local de trabalho, uma serraria localizada na Rua José Nilson de Souza, próximo ao condomínio Celine Guimarães aguardando o patrão chegar para abrir o estabelecimento para dar início ao trabalho. Uma dupla de moto, usando farde de empresa de cor amarela, chegou e sem que houvesse qualquer discussão atirou na vítima.

O jovem serralheiro foi atingido com um tiro na cabeça e socorrido por populares para o Hospital Regional Tarcísio Maia e mesmo sendo submetido a intervenção cirúrgica, não resistiu e acabou morrendo. Até o momento não há informações sobre a motivação do crime.

Já são 182 homicídios registrados em Mossoró neste ano de 2019.

Com informações do blog Fim da Linha



Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem